top of page

Eu trago seu amor próprio de volta


Olá a todos! Sejam bem-vindos a mais um post aqui no blog. Hoje, quero falar sobre um assunto muito importante e que, infelizmente, muitas pessoas ignoram: o amor próprio. Eu sempre digo, "Eu trago seu amor próprio de volta". Mas o que eu quero dizer com isso? Ao longo deste post, vou desvendar esse mistério para você.

O que é o amor próprio?

Antes de tudo, é crucial entender o que é o amor próprio. Por definição, amor próprio é a apreciação que você tem por si mesmo, que cresce a partir de ações que apoiam nosso crescimento físico, psicológico e espiritual. É um estado de gratidão e aceitação de si mesmo, com todas as suas imperfeições, falhas e fracassos. No entanto, é muito mais do que isso. Amar a si mesmo é respeitar suas próprias necessidades, tomar decisões para o seu bem-estar e não se sacrificar pelos outros.

 

Por que o amor próprio é importante?

O amor próprio é a base de uma mente saudável e de uma vida plena e feliz. Quando você se ama, você se valoriza. Você entende que merece coisas boas e não se contenta com menos. O amor próprio te ajuda a estabelecer limites saudáveis e a não tolerar o desrespeito ou o abuso. Ele te ensina a dizer "não" quando necessário e a se colocar em primeiro lugar. Além disso, o amor próprio te dá a confiança para perseguir seus sonhos e alcançar seus objetivos.

 

Como posso desenvolver o amor próprio?

Desenvolver o amor próprio não é uma tarefa fácil. É um processo que requer tempo, paciência e dedicação. No entanto, com alguns passos simples, você pode começar a amar a si mesmo de uma forma mais profunda. Primeiro, você precisa se aceitar como é, com todas as suas imperfeições e falhas. Em vez de se criticar, seja gentil e compassivo com você mesmo. Segundo, cuide de sua saúde física e mental. Faça exercícios, alimente-se bem, durma o suficiente e procure ajuda quando necessário. Terceiro, passe tempo sozinho. A solitude pode ser uma grande aliada no processo de amar a si mesmo. Ela te permite se conectar com seus sentimentos e pensamentos e te ajuda a se entender melhor.

 

Conclusão

Em resumo, o amor próprio é crucial para uma vida saudável e feliz. É um processo contínuo que requer tempo e esforço, mas que definitivamente vale a pena. Se você está lutando para se amar, lembre-se: "Eu trago seu amor próprio de volta". Procure ajuda!

Você é digno de amor e respeito, não apenas dos outros, mas, acima de tudo, de si mesmo.


Carolina Mirabeli

É psicóloga, consteladora sistêmica, hipnoterapeuta, coach, trainer e consultora. Mestre em Psicologia Social pela PUC-SP. Pós graduanda em Neuropsicologia pelo Inst. Israelita Albert Einstein e pós graduada em Psicologia Hospitalar pela mesma instituição. Pós graduada em Consultoria Interna pelo Mackenzie e Medicina Chinesa e Acupuntura pelo Ceata.

Ama escrever sobre desenvolvimento de pessoas e vida e carreira.

Acelere sua vida com auto-consciência!

bottom of page